Projetos

Bom Abrigo

No Projeto Bom Abrigo, faremos a caracterização ambiental da ilha através de diagnósticos ambientais e levantamento dos usos e usuários. Num segundo momento, faremos a Construção Participativa de Plano de Ordenamento de Usos, visando dar diretrizes para o ordenamento das atividades realizadas pautadas na conservação e recuperação ambiental. Clique aqui para saber mais
 
 
 

Projeto Restinga

O Projeto Restinga foi elaborado a partir de duas questões importantes e atuais da cidade de Cananeia: a conservação ambiental e a oportunidade e formação social da juventude. Através da recuperação de uma mata ciliar, originalmente composta por restinga, o Projeto Restinga pretende envolver um grupo de jovens da comunidade a aprenderem, discutirem e atuarem na conservação da natureza. Para executarem estas atividades, estes jovens serão capacitados em diversas oficinas de formação técnica e científica. Como resultado, esperamos conseguir recuperar a restinga da mata ciliar ao mesmo tempo que envolvemos os jovens e a comunidade na conservação da natureza. Clique aqui para saber mais
 
 

Projeto Trilhas

O objetivo principal do Projeto Trilhas é o de ordenar o uso de trilhas na cidade de Ilha Comprida/SP, delimitando as áreas que podem ser utilizadas pelas pessoas e protegendo as áreas destinadas à conservação ambiental. A visitação pública a unidades de conservação aproxima a sociedade da natureza e ajuda a promover a educação ambiental. Contudo, a visitação realizada de maneira desordenada causa problemas como degradação social e ambiental, acúmulo de lixo e subutilização das potencialidades do lugar. Na primeira etapa, faremos o levantamento das trilhas e como cada uma é utilizada. Na segunda etapa, roteiros sustentáveis serão desenvolvidos de forma participativa. Clique aqui para saber mais
 
 

Projeto Cadeia Produtiva

O Projeto Cadeia Produtiva tem como objetivo ordenar a atividade extrativista e promover o comércio justo de recursos naturais no município de Ilha Comprida/SP. Após um levantamento inicial, será realizado o ordenamento de uso de algumas espécies vegetais junto com as comunidades, considerando o conhecimento local e os dados obtidos em campo. Ao mesmo tempo será feito junto à comunidade um processo de sensibilização para o uso e valorização de recursos locais. Partindo do princípio do comércio justo e da necessidade de melhoria da cadeia produtiva serão feitas oficinas de formação para a estruturação dos empreendimentos locais e comércio justo. Clique aqui para saber mais